O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células da mama. Esse processo gera células anormais que se multiplicam, formando um tumor. 

Há vários tipos de câncer de mama. Por isso, a doença pode evoluir de diferentes formas. Devido às características próprias de cada tumor, alguns tipos têm desenvolvimento rápido, enquanto outros crescem mais lentamente.

Para a detecção precoce do câncer de mama é importante a abordagem de pessoas com sinais e/ou sintomas iniciais da doença e o rastreamento  que consiste da realização dos exames preventivos como mamografia e ultrassonografia das mamas.

A política de alerta à saúde das mamas destaca a importância do diagnóstico precoce e busca orientar a população feminina sobre as mudanças habituais das mamas em diferentes momentos do ciclo de vida e os principais sinais do câncer de mama. É importante que a mulher realize o auto-exame das mamas sempre que se sentir confortável para tal, não apenas em um período específico (seja no banho, no momento da troca de roupa ou em outra situação do cotidiano), e esteja atenta para qualquer alteração perceptível.

Os principais sinais e sintomas para o diagnóstico inicial do câncer de mama são os seguintes:

  • Nódulo (caroço) geralmente indolor é a principal manifestação da doença;
  • Pele da mama avermelhada, retraída ou meio enrugada com aspecto de casca de laranja;
  • Pequenos nódulos na axila ou no pescoço também devem ser investigados;
  • Alteração no mamilo (bico do seio)
  • Saída de secreção (liquido) anormal do mamilo

Esses sinais e sintomas devem ser investigados pelo médico.

Atenção: A informação existente nesta postagem pretende apoiar e não substituir a consulta médica.

Procure sempre o Serviço de Saúde para avaliação Médica.

Colégio Tec-X